Mestrado da UCB atrai estudantes de diferentes partes do país

Perfil profissional do curso é um diferencial em relação a outras universidades

Por Thalita Cardoso e Marcus Paixão

O Mestrado Profissional Inovação em Comunicação e Economia Criativa, da Universidade Católica de Brasília (UCB), tem chamado a atenção de estudantes pelo Brasil que procuram alternativas ao perfil tradicional dos cursos ofertados pelo país. O fato de envolver áreas de atuação como as Tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs) e os meios digitais são alguns dos atrativos citados pelos alunos.

Umehara Parente é um dos discentes atraídos pelo curso profissional. Natural do Ceará e graduado em administração e marketing, ele chegou a Brasília em abril do ano passado. Embora já possua pós-graduação, estava ansioso por continuar sua trajetória acadêmica e começou a procurar por um programa de mestrado que atendesse também suas expectativas e demandas profissionais. “Em Fortaleza, só existem processos seletivos de mestrado no final do ano. Eu tive a felicidade de encontrar esse mestrado que, além de ser em área relacionada à minha, é menos teórico e permite ingresso no meio do ano”, relata.


O discente diz ainda que após encontrar o programa de mestrado em suas buscas pela internet, conversou com conhecidos que faziam mestrado na UCB e recomendaram bastante a instituição. Para ele, outro diferencial que o atraiu é o foco na inovação, já que sócio de startup e atualmente trabalha no Sebrae.


Do Piauí, a estudante Bianca Vieira vem para Brasília assistir as aulas. É possível para ela frequentar o curso porque os encontros presenciais do mestrado acontecem aos finais de semana quinzenalmente. O esforço da discente se justifica porque são poucos os mestrados profissionais na área de comunicação que focam em inovação e economia criativa. “Encontrei o curso procurando na internet e estou gostando muito. Especialmente pelo perfil do mestrado e pela possibilidade de estudar inovação em comunicação”, destaca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *